Professoras da educação infantil participam de formação do MEC sobre oralidade, leitura e escrita

julho 1, 2024 Off Por Admin

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec), por meio do Departamento de Educação Infantil (DEI), está realizando nesta segunda (1º) e terça-feira (2), na Faculdade Maurício de Nassau, mais um processo de formação para 435 professoras de 98 Ninhos do Saber e 48 unidades de ensino com pré-escola. A formação é uma ação do Governo Federal, em parceria com as universidades públicas, estados e Município, por meio de um regime de colaboração.

A formação foi aberta pela secretária da Educação e Cultura, América Castro. “Essa formação é de grande importância, em primeiro lugar, por ser uma parceria com o Governo Federal, onde está trazendo um tema muito importante que é a Alfabetização na Idade Certa, e a gente está iniciando desde a educação infantil, que é essa orientação desse novo projeto, desse novo programa em parceria com o Governo Federal. Todos os nossos profissionais da educação infantil estão passando por essa formação para que a gente tenha um avanço na alfabetização, para a gente ter todos os nossos meninos alfabetizados na idade certa”, destacou a secretária.

As experiências pedagógicas, no campo da oralidade, leitura e escrita deverão promover vivências nas quais a linguagem não seja utilizada de maneira descontextualizada das práticas sociais significativas das quais as crianças, desde bebês, participam, respeitando o desenvolvimento da cultura escrita/oral e reconhecer tanto a participação delas no processo de significar o mundo, como as mediações dos adultos ou das crianças no arranjo do contexto e na interação entre eles.

As experiências com a literatura infantil, propostas pela professora de sala de aula, contribuem para o desenvolvimento e compreensão da linguagem, o estímulo à imaginação e a ampliação do conhecimento de mundo.

“Nesse convívio com textos escritos, as crianças vão construindo hipóteses sobre a escrita que se revelam, inicialmente, através de rabiscos e garatujas e, à medida que vão conhecendo letras, em escritas espontâneas, não convencionais, mas já indicativas da compreensão da escrita como sistema de comunicação e registro da língua. Com esta ação reiteramos nosso compromisso com uma educação pública de qualidade”, explicou a diretora do Departamento de Educação Infantil da Secretaria de Educação, professora doutora Maria Sonaly Machado de Lima.

Durante os dois dias as participantes verão as seguintes temáticas: A mediação docente nos processos de aprendizagem da oralidade, leitura e escrita, na perspectiva do alfabetizar letrando, respeitando o direito à infância; O papel das interações sociais no desenvolvimento infantil, na formação humana e nos processos de aprendizagem da oralidade, leitura e escrita; e crianças, infâncias, heterogeneidade e diversidade: o trabalho com a oralidade, leitura e escrita a partir de manifestações culturais.

“Essa é uma missão que nos foi dada. Essa missão sobre leitura e escrita é muito importante para nos valorizar e também valorizar a criança. Esses encontros nos proporcionam esse momento de adquirirmos e compartilharmos saberes e ideias. É muito importante para nós estarmos aqui nesses dias”, ressaltou a professora do pré II do Ninho do Saber Santa Clara, no bairro Castelo Branco, Adriana Pereira Lopes.

Durante o mês de junho profissionais da Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa participaram, em Campina Grande, do primeiro encontro presencial de ‘Formação de Formadores Regionais e Municipais da Paraíba’ e agora estão sendo multiplicadoras. A ação formativa integra o programa ‘Leitura e Escrita na Educação Infantil’, do Ministério da Educação.