Defesa Civil realiza a Semana Municipal de Redução de Riscos de Desastres – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

julho 3, 2024 Off Por Admin

Um exercício simulado será realizado em comunidades do Centro e da Grande Tijuca que contam com o Sistema de Alerta e Alarme – Giulia Drummond/Defesa Civil

A Defesa Civil Municipal realiza entre esta quarta-feira (3/7) e domingo (7/7) a Semana Municipal de Redução de Riscos de Desastres. Durante o período, serão organizadas diversas atividades com foco na conscientização da população, tendo como objetivo principal a criação de uma cultura de prevenção dos cidadãos cariocas. Entre as atividades programadas estão palestras, a iluminação de monumentos da cidade na cor laranja no sábado (6/7) e a realização de um exercício simulado em comunidades do Centro e da Grande Tijuca, que contam com o Sistema de Alerta e Alarme (sirenes) no domingo, data em que é comemorado o Dia Municipal de Redução de Riscos de Desastres (primeiro domingo de julho).

O primeiro dia de evento será marcado por um seminário técnico, das 9h às 17h, no Centro de Operações Rio (COR). Estão previstas palestras do chefe-executivo do COR, Marcus Belchior; da representante oficial nacional para o Brasil na ONU-Habitat, Rayne Ferreti Moraes; além de um painel batizado “Direito dos Desastres e Políticas Públicas”, que terá a mediação da professora Viviane Japiassú, da Universidade Veiga de Almeida (UVA). Nele, participarão a doutora Isabela Barbosa (pesquisadora da FGV) e o doutor Cesar Gomes de Sá (coordenador do curso de Direito do Centro Universitário Celso Lisboa).  Ao longo do dia, alguns trabalhos desenvolvidos por voluntários da Defesa Civil também serão apresentados.

O segundo dia de atividades (4/7), também no COR, será aberto com uma apresentação do subsecretário de Defesa Civil, Rodrigo Gonçalves; e terá outras duas palestras: “O impacto dos desastres na Saúde Pública” e “A atuação do MPRJ em temas como Saneamento Básico, Desastres Socioambientais e Mudanças Climáticas no Estado do Rio de Janeiro”, que será ministrada pelo assessor técnico do MPRJ, o coronel bombeiro Gil Kempers. Além disso, também será realizado o painel “Logística Humanitária e Gestão de Operações em Desastres”. A mediação será do professor Orlando Sodré (Defesa Civil e Centro Universitário Celso Lisboa). Participam do debate a doutora Luiza Cunha (representante do LAB HANDs) e o coronel bombeiro Cassio Capelli Pereira (diretor do DGDEC da Defesa Civil Estadual do Rio de Janeiro).

– A Defesa Civil Municipal trabalha todos os dias com foco na ampliação da resiliência da cidade. Cada exercício simulado cria no morador de área de risco um direcionamento de como agir em situações de emergência. E é de extrema importância que o órgão também faça a disseminação de conhecimento com palestras, debates e trabalhos diversos para que o cidadão do Rio possa ser cada vez mais alimentado com esse conteúdo. O foco vai ser sempre a prevenção e salvar vidas – explicou o subsecretário de Defesa Civil, Rodrigo Gonçalves.

O terceiro dia de atividades será realizado no campus Tijuca da Universidade Veiga de Almeida, na Rua Ibituruna, n° 108. Os trabalhos dos voluntários que não forem apresentados nos primeiros dois dias de evento vão ser expostos para a banca formada por técnicos da Defesa Civil e especialistas acadêmicos.

Monumentos iluminados e exercício simulado

No sábado, véspera do Dia Municipal de Redução de Riscos de Desastres, dois monumentos do Rio serão iluminados com a cor laranja: Arcos da Lapa e Igreja da Penha. A iniciativa terá como objetivo despertar junto aos cidadãos cariocas a importância de todos estarem conectados ao tema “prevenção”, principalmente em um momento de mudanças climáticas.

No domingo, data em que é celebrado o Dia Municipal de Redução de Riscos de Desastres, o Cristo Redentor será iluminado com a cor laranja. No mesmo dia, a Defesa Civil Municipal realizará o exercício simulado de desocupação de áreas de risco em comunidades situadas no Centro do Rio e bairros da Grande Tijuca. Morros do Andaraí, Jamelão, Macacos e Parque Vila Isabel (Grande Tijuca), além de Prazeres, Vila Elza, Escondidinho e Unidos de Santa Tereza (Centro) passarão pelos treinamentos. Cerca de 250 mil moradores serão alcançados com o exercício que visa ratificar a conduta da população de áreas de risco em dias de acionamento de sirenes. Os equipamentos são acionados a partir do Centro de Operações Rio quando os protocolos são atingidos (possibilidade de acionamento entre 40 e 55 milímetros; e acionamento automático a partir de 55 milímetros de chuva/1h).

O Dia Municipal de Redução de Riscos de Desastres é comemorado no primeiro domingo de julho em alusão ao primeiro exercício simulado de desocupação feito após a instalação do Sistema de Alerta e Alarme com sirenes. Realizado em 3 de julho de 2011, contou com a participação de mais de cinco mil moradores de 20 comunidades.

Categoria:

  • 3 de julho de 2024
  • Marcações: Defesa Civil Municipal exercício simulado palestras Semana Municipal de Redução de Riscos de Desastres seminário sirenes