Prefeitura inicia tramitação eletrônica dos processos do Prodes dando mais transparência ao serviço – CGNotícias

junho 28, 2024 Off Por Admin

O início da tramitação eletrônica dos novos processos do Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes) no Sistema Eletrônico de Informação (SEI) começou nesta sexta-feira (28). A Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec) concluiu o repasse definitivo das informações necessárias para que as equipes da Sidagro já comecem a operar de forma eletrônica, marcando um novo tempo para o desenvolvimento econômico da capital.

O secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Ademar Silva Jr., fala sobre as vantagens que a inovação proporcionará ao dar mais visibilidade e agilidade para os empresários. “Os empresários poderão acompanhar de forma prática como os processos serão conduzidos. Atualmente, eles precisam ligar ou vir até a Prefeitura e trazer documentos impressos para obter as informações necessárias. Essa mudança vem ao encontro do mundo que vivemos, que é digital. Isso facilita a vida dos investidores que poderão acessar os processos de qualquer lugar com muito mais facilidade”, explica Ademar Silva Jr.

O comprometimento de todos os setores da administração municipal com a tecnologia é essencial para que cada vez mais áreas percebam o impacto positivo de uma transformação digital, situação, que, na maioria das vezes, reflete diretamente no atendimento à população. “O avanço depende do engajamento não só da área de tecnologia, mas na mesma medida dos setores de negócio envolvidos. A Prefeitura de Campo Grande avança cada dia mais em direção a um caminho sem volta da transformação digital, estamos seguros que já vivenciamos essa realidade em vários setores”, pontua o diretor-presidente da Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso.

Responsável na área de tecnologia pela condução do projeto de implantação do SEI na administração municipal, o diretor de projetos da Agetec, Luis Cézar Ribeiro, explica que a digitalização dos processos na Prefeitura de Campo Grande não só promete eficiência e agilidade, mas também um avanço rumo à sustentabilidade, com a redução do uso de papel e a modernização dos trâmites administrativos. “Quando o setor começa a operar eletronicamente no SEI significa que várias etapas dentro de um processo de implementação foram superadas, como a reescrita de um processo que por vezes era burocrático em algo muito mais dinâmico e eficiente”.

A partir de agora, a documentação levada pelo proponente será totalmente digitalizada de forma que todas as etapas seguirão dentro da ferramenta eletrônica, passando pelas fases de análise, pré-aprovações, pós-aprovações e posterior encaminhamento ao legislativo que, por sua vez, realizará a análise e, se aprovada, a proposta torna lei, permitindo que o beneficiário usufrua dos benefícios conforme os regramentos do Prodes.

Com a migração do Prodes para o SEI, espera-se uma simplificação nos processos de comunicação e na tramitação das demandas. Isso inclui, por exemplo, a gestão de doações de áreas e a concessão de incentivos. Outro aspecto importante é a integração que o SEI poderá trazer entre as diversas secretarias, que dependem de várias outras entidades.

Sistema Eletrônico de Informacoes – SEI

Desenvolvido e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o SEI destaca-se pela eficiência e transparência na gestão de documentos e processos administrativos. O sistema possibilita a tramitação eletrônica de processos, reduzindo significativamente o uso de papel e os custos operacionais. A plataforma facilita o acesso remoto, permitindo que servidores e cidadãos acompanhem o andamento de processos de onde estiverem, o que agiliza a tomada de decisões e a prestação de serviços públicos.