Prefeitura de João Pessoa lança iniciativa pioneira para combater fake news e deepfakes

junho 25, 2024 Off Por Admin

A Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) e da Agência de Inovação (Inovatec), lançou, nesta terça-feira (25), edital de Criação de Laboratório para Identificação e Combate à Fake News e Deepfakes (Edital nº 010/2024), destinado a pesquisadores vinculados à instituições públicas e privadas, associações ou sociedades técnico-científicas e pesquisadores vinculados à Instituições de Ensino Superior (IES) ou à Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTI) e suas fundações, sediadas em João Pessoa.

O secretário de Ciência e Tecnologia da Capital, Guido Lemos, explicou que o principal objetivo é selecionar uma proposta para apoiar a criação de um laboratório dedicado a identificar e combater a desinformação digital. O laboratório desenvolverá algoritmos de inteligência artificial capazes de detectar padrões de desinformação e criar ferramentas que auxiliem usuários e verificadores de fatos a checar rapidamente a veracidade das informações disseminadas nas plataformas digitais.

“A criação deste laboratório é um passo fundamental na luta contra a desinformação digital, proporcionando ferramentas e tecnologias avançadas para identificar e combater fake news e deepfakes. A iniciativa reforça o compromisso da Prefeitura de João Pessoa com a inovação tecnológica e a integridade das informações, promovendo um ambiente digital mais seguro e confiável”, destacou Guido Lemos.

Para efetuar as inscrições, os interessados devem enviar documentos comprobatórios para o email [email protected]. Para baixar o edital completo com todas as informações é só entrar no endereço https://www.inovatecjp.com.br/editais/. A submissão de propostas vai de 28 de junho até 19 de julho de 2024.

Os coordenadores das propostas devem ser residentes de João Pessoa e estar vinculados a instituições locais. Além disso, devem possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes e não ter inadimplências com órgãos públicos. Espera-se que o laboratório tenha um impacto significativo na identificação e remoção de fake news e deepfakes, fortalecendo a confiança nas informações veiculadas digitalmente e contribuindo para a segurança informacional da comunidade.

Recursos e cronograma – O edital disponibiliza um total de R$ 350 mil para a execução do projeto, que deverá ser concluído em até 12 meses. O cronograma do edital é o seguinte:

Lançamento do Edital: 25 de junho de 2024

Período de impugnação: 26 a 27 de junho de 2024

Submissão de propostas: 28 de junho a 19 de julho de 2024

Análise e julgamento preliminar: 22 a 24 de julho de 2024

Interposição de recursos ao resultado preliminar: 25 a 26 de julho de 2024

Divulgação do resultado final: Até cinco dias após o prazo para recursos