Dia do Doador de Sangue: veja hemocentros em universidades e faculdades de medicina

junho 14, 2024 Off Por

DownloadGoverno de SP
Em 2023, foram produzidas mais de 226 mil bolsas de sangue

No Dia do Doador de Sangue, comemorado nesta sexta-feira (14), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo (SCTI), por meio dos hemocentros das suas vinculadas espalhados por todo o estado de São Paulo, incentiva a doação de sangue.

O Hemocentro de RIbeirão Preto, da Universidade de São Paulo, é referência nacional em assistência, ensino e pesquisa e responsável por coletar, processar e distribuir sangue, hemocomponentes e hemoderivados para um terço do estado de São Paulo, com mais de 249 municípios, onde moram mais de 7 milhões de habitantes, além de atender para diagnóstico e tratamento. Em 2023, foram produzidas mais de 226 mil bolsas de sangue. As unidades estão distribuídas por mais de nove cidades: Ribeirão Preto, Franca, Araçatuba, Presidente Prudente, Fernandópolis, Taubaté, Batatais, Olímpia e Bebedouro. Além disso, atende cerca de 130 serviços de saúde e possui quatro agências transfusionais (três em Ribeirão Preto e uma em Jales).

LEIA TAMBÉM: Governo de SP reforça importância da doação de sangue

O Hemonúcleo Regional de Araraquara, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), atende 14 agências transfusionais, incluindo a região de Araraquara, composta por 10 municípios e 13 hospitais. Além da coleta de sangue, o hemonúcleo também tem suas atividades voltadas para a produção de hemocomponentes, que  são produtos gerados nos serviços de hemoterapia, a partir do sangue total, por meio de processos físicos. Por ano, o hemonúcleo distribui cerca de 9 mil bolsas de sangue.

Na região de Campinas, encontra-se o Hemocentro da Universidade de Campinas (Unicamp) atuando como centro de referência regional nas áreas de Hematologia e Hemoterapia. Atendendo a uma população de aproximadamente 8 milhões de habitantes distribuídos em cerca de 88 municípios da RA de Campinas, o hemocentro realiza suas atividades assistenciais por meio de duas divisões administrativas: Hematologia e Hemoterapia.

Com quatro unidades de coleta, oferece ainda suporte para 60 agências transfusionais e 60 hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS). Em junho, o hemocentro está trabalhando a campanha “Quem doa sangue é medalhista de ouro”, inspirada nas olimpíadas de Paris. Para isso, a unidade criou a tocha da solidariedade que está percorrendo as cidades onde realiza coleta de sangue e espera-se atender 7 mil doadores durante o mês, volume necessário para a manutenção dos estoques de sangue.

LEIA TAMBÉM: Posso doar sangue se tive dengue? Tatuagem impede doação? Tire dúvidas sobre o tema

Já na região noroeste do estado, o Hemocentro do Hospital de Base, vinculado à Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), recebeu mais de 31 mil doações de sangue durante o ano de 2023. Ao todo, o local coleta até 600 bolsas de sangue por mês e abastece 11 cidades da região, além de contribuir com o Hemocentro de Rio Preto.

O Hemocentro vinculado à Faculdade de Medicina de Marília (Famema) recebeu em 2023 mais de 13 mil doações ao longo do ano.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

O post Dia do Doador de Sangue: veja hemocentros em universidades e faculdades de medicina apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.