Agência Minas Gerais | Governo de Minas apresenta ações e participa de debates na Semana de Ação Climática de Londres

junho 24, 2024 Off Por Admin

O Governo de Minas participa, entre os dias 24 e 30/6, da London Climate Action Week 2024 (Semana de Ação Climática de Londres), no Reino Unido.

Durante o evento, o vice-governador Professor Mateus e a secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo, levarão experiências e ações desenvolvidas no estado para o enfrentamento e resiliência aos efeitos provocados pelas alterações no clima.

Eles participarão de mesas de discussões e debates relevantes para as ações de adaptação às mudanças climáticas.

Nesta segunda-feira (24/6), o vice-governador participa do painel “Innovating for Change: Unleashing Private Sector Leadership for Climate Solutions for All”, que apresentará lideranças globais do ramo empresarial que são especialistas em sustentabilidade e que estão liderando o caminho para um futuro resiliente e neutro em emissões de gases de efeito estufa.

O evento ainda pretende apresentar soluções tecnológicas práticas para os impactos das mudanças e desbloquear novas oportunidades de investimento, priorizando soluções climáticas para todos.

Já na terça-feira (25/6), Professor Mateus participará de painel que discutirá os benefícios e desafios da utilização de tecnologia e dados para melhorar a tomada de decisões baseada em evidências para a ação climática.

O foco será em soluções que possam ser aplicadas e transferidas entre vários setores para apoiar a implementação da Agenda de Adaptação, bem como as metas de neutralidade de emissões líquidas zero.

Além dos painéis em que o Governo de Minas terá participações efetivas, Professor Mateus e Marília Melo comparecerão a outros eventos como ouvintes, com o objetivo de captar ideias que possam beneficiar o estado em ações para mitigar as mudanças climáticas.

Ações de Minas Gerais

O Estado vem desenvolvendo o Plano de Ação Climática (Plac), instrumento estratégico de diretrizes e ações gerais e prioritárias para conduzir o planejamento do estado para alcançar seus objetivos no âmbito do enfrentamento às mudanças do clima.

No Plac constam metas relacionadas à promoção de ações de ampliação da identificação e mapeamento das áreas de risco hidrológico e geológico nos 853 municípios mineiros, bem como ações de inovação e de aprimoramento tecnológico para o monitoramento das áreas críticas do risco geológico e hidrológico no território estadual.

O fortalecimento da estrutura estatal de monitoramento meteorológico e eventos críticos e das operações de alerta precoce de desastres naturais, como as previsões meteorológicas e o monitoramento de variáveis precursoras de desastres naturais, também está previsto no Plac e é realizado por meio do Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Simge), controlado pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam).

Investimentos e aposta no etanol

Minas avança também em outras frentes de atuação. Para o aumento da resiliência do território mineiro, o estado investiu R$ 81 milhões em metas do eixo da adaptação que integram o Projeto Estratégico Climático Race to Zero, campanha global para reunir lideranças com objetivo de alcançar emissões líquidas zero de gases de efeito estufa até 2050, o que deverá limitar o aumento da temperatura global a 1,5 grau.

O enfrentamento às mudanças climáticas também passa pelos veículos em Minas.

Atualmente, o estado é o segundo mercado consumidor de etanol hidratado do Brasil, fato que se consolidou pela manutenção da maior diferença tributária nacional entre as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de etanol e gasolina.

Para manter o etanol mais competitivo no mercado, o Governo de Minas oferece concessão de crédito outorgado de ICMS às usinas produtoras de do combustível.

O Estado concede, ainda, isenção do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para veículos movidos a energia elétrica ou gás natural, e veículo novo híbrido, fabricado no estado, que possua mais de um motor de propulsão, quando pelo menos um deles for movido a gás natural ou energia elétrica.

Parceria com o setor privado

O Governo de Minas entende que a parceria estratégica entre o setor público e privado desempenha um papel central na execução das metas relacionadas à sustentabilidade e à redução de emissões. Nesse sentido, o Estado já vem trabalhando no financiamento de investimentos públicos e privados.

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), por exemplo, oferece crédito para empresas de todos os portes e setores, prefeituras e concessionárias de serviços públicos municipais, e é o estruturador oficial do Estado em operações de concessão comum e em modelos de Parcerias Público-Privadas (PPPs).

London Climate Action Week 2024 (LCAW)

A Semana de Ação Climática de Londres (LCAW) é um evento anual que reúne indivíduos, organizações e comunidades com foco na busca de soluções globais para as mudanças climáticas.

Em 2024, o evento pretende demonstrar que o envolvimento de toda a sociedade é necessário para apoiar a descarbonização e a resiliência globais, bem como estimular outras cidades a adotar medidas semelhantes.

A LCAW foi fundada em 2019 pela E3G (Third Generation Environmentalism Limited), em parceria com a Prefeitura de Londres.