Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite começa na próxima segunda-feira

maio 25, 2024 Off Por Admin

A Prefeitura de João Pessoa dará início, na próxima segunda-feira (27), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite do Ministério da Saúde. Pais e responsáveis devem reforçar a proteção das crianças menores de cinco anos contra a doença. A pólio é altamente contagiosa e causada pelo poliovírus selvagem, que pode levar a uma paralisia irreversível (geralmente das pernas) ou até a morte, quando a paralisia atinge os músculos respiratórios.

“A vacina é destinada as crianças de um a menores de cinco anos de idade. A campanha preventiva tem o objetivo de reduzir o risco de reintrodução do poliovírus no Brasil, empreender esforços para a erradicação da doença, com a atualização e manutenção da vigilância em saúde. A preocupação é que ainda há circulação do vírus, sendo o maior fator de risco a importação, considerando que há registro de casos atuais onde a doença permanece endêmica, a exemplo do Afeganistão, Nigéria e Paquistão, além da baixa cobertura vacinal”, alertou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização de João Pessoa.

Tipos de vacina – Durante a campanha, as crianças de um a quatro anos devem ser vacinadas indiscriminadamente com a vacina oral poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido o esquema primário de três doses com VIP. Aquelas menores de um ano deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal atual para o esquema primário (três doses da vacina inativada poliomielite — VIP).

As vacinas VIP e VOP são diferentes entre si. Embora as duas imunizem contra a poliomielite, a VIP é injetável, com três cepas – poliovírus 1, 2 e 3, feita apenas com partículas do vírus. Enquanto a VOP, que é a de gotinhas, é feita com o vírus enfraquecido, com duas cepas – polivírus 1 e 3.

A vacina contra a Poliomielite é composta por três doses aos 2, 4 e 6 meses de vida, conforme o Calendário Nacional de Vacinação, além das doses de reforço aos 15 meses e 4 anos de idade.

No Brasil – Em 2023, segundo dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), a cobertura vacinal no Brasil contra Poliomielite representa 76,99% com a VOP e 84,95% com a VIP.

O último caso de poliomielite no país ocorreu em 1989, na cidade de Sousa (PB), e em 1994 o país recebeu a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem. No entanto, em 2023, o Brasil foi classificado como de alto risco para a reintrodução do poliovírus pela Comissão Regional para a Certificação da Erradicação da Poliomielite na Região das Américas (RCC). 

A poliomielite é uma doença grave caracterizada por um quadro de paralisia flácida causada pelo poliovírus selvagem (PVS) tipo 1, 2 ou 3, que em geral acomete os membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível.

Locais de vacinação da Campanha contra a Pólio:

Unidades de Saúde da Família (USFs)

Horário: 7h às 11h e das 12h às 16h (de segunda a sexta-feira)

*exceção: Alto do Céu II, Cidade Verde e Jardim Planalto.

Policlínicas Municipais

Horário: 8h às 16h (de segunda a sexta-feira)

Home Center Ferreira Costa

Horário: 12h às 21h (de segunda a sexta-feira)

8h às 16h (sábado)

Shopping Sul

Horário: 12h às 21h (de segunda a sexta-feira)                    

10h às 16h (sábado)

Shopping Tambiá

Horário: 12h às 20h (de segunda a sexta-feira)

9h às 16h (sábado)