Nota Fiscal: consumidores podem resgatar R$ 39 milhões em créditos a partir de hoje

março 18, 2024 0 Por





O valor é liberado para consumidores que pediram CPF nas notas fiscais de compras realizadas no mês de novembro de 2023



A Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo (Sefaz-SP) libera nesta segunda-feira (18) R$ 39,3 milhões em créditos para consumidores que pediram CPF nas notas fiscais de compras realizadas no mês de novembro de 2023. Cerca de 14,6 milhões de consumidores têm direito a esses valores, que compreende pessoas físicas, condomínios, entidades beneficentes e pessoas jurídicas optantes pelo regime do Simples Nacional.

Os valores podem ser resgatados diretamente pelo site ou aplicativo oficial da Nota Fiscal Paulista para uma conta corrente ou poupança. Em ambas as opções, os valores serão creditados na conta indicada em até 20 dias. O valor mínimo para transferência é de R$ 0,99.

Para participar e receber créditos basta que o consumidor (pessoa física) solicite que o comerciante emita documento fiscal com o seu CPF.  As regras para entidades beneficentes estão disponíveis neste link, já as empresas que queiram participar do programa, podem consultar todas as orientações nesta página.

É importante ressaltar que os créditos da Nota Fiscal Paulista permanecem à disposição dos consumidores por um ano a contar da liberação e podem ser utilizados a qualquer momento dentro desse período. É necessário que os participantes fiquem atentos para o resgate, pois este mês expiram os valores liberados em março do ano passado, e assim sucessivamente.

Confira a relação de créditos disponíveis desde o início de 2024 na tabela abaixo:

 

Mês

Pessoas físicas

Condomínios

Entidades
beneficentes

Simples Nacional

Janeiro

R$ 16,68 milhões R$ 20,39 mil R$ 20,11 milhões R$ 488,62 mil

Fevereiro

R$ 16,94 milhões R$ 25,61 mil R$ 20,84 milhões R$ 511,05 mil

Março

R$ 17,58 milhões R$ 43,63 mil R$ 21,17 milhões R$ 524,58 mil

Sobre o programa Nota Fiscal Paulista​​​​

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Governo do Estado de São Paulo e reduz, de fato, a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo.

O sistema distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota. A devolução é feita em créditos liberados mensalmente que podem ser acompanhados pela internet e utilizados para pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro.

O consumidor também pode solicitar o documento fiscal sem a indicação do CPF/CNPJ e doá-lo a uma entidade de assistência social, saúde, educação, defesa e proteção animal ou cultura cadastradas no programa Nota Fiscal Paulista, se assim desejar. Essa é uma decisão pessoal e exclusiva do consumidor.

No total, a Nota Fiscal Paulista devolveu aos participantes do programa cerca de R$ 18,5 bilhões, sendo R$ 16,4 bilhões em créditos e mais de R$ 2,1 bilhões em prêmios nos 184 sorteios já realizados.

Para conferir os créditos, aderir ao sorteio ou obter mais informações sobre a Nota Fiscal Paulista, basta acessar o site. Para baixar o aplicativo do programa, acesse a loja de aplicativos de seu smartphone ou tablet.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap