O exame constatou lesões por razões desconhecidas

junho 18, 2022 0 Por Admin

Reprodução

Um jovem 25 anos e sua mãe, 47 anos, foram detidos após causar tumulto e ameaçar servidores da saúde, na manhã de ontem (16.06), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Jardim Santa Marta, no município de Rondonópolis (a 215 km de Cuiabá).

De acordo com boletim de ocorrência, a guarnição foi informada que um homem alvejado por disparo de arma de fogo havia dado entrada na unidade de saúde e estava bastante alterado, ameaçando os médicos.

No local, os médicos relataram aos policiais que o homem chegou e queria que retirasse dele o projétil que estava em sua perna. O médico disse para ele que teria que realizar um raio-x, e foi neste momento que o suspeito tentou agredir o médico e equipe com um capacete.

O suspeito estava no corredor, com o capacete, bastante alterado e apresentava um ferimento na perna. Ao ser indagado pelos policiais, ele desacatou a guarnição dizendo que estava nervoso por não ter sido atendido.

Ele foi para cima dos militares e teve que ser contido e algemado. Quando ele foi imobilizado, sua mãe ficava incitando o filho para ir contra os médicos e policiais.

A mulher foi algemada após desacatar os militares e falar que eles não sabiam com quem eles estavam falando. Diante dos fatos, foi solicitado apoio de outros policiais.

O suspeito, algemado, foi levado para sala de raio-x, e lá foi constatado que não se tratava de disparo de arma de fogo e sim, lesões por razões desconhecidas.

Após a liberação médica, o jovem e sua mãe foram encaminhados à delegacia.

Leia também –