Comissão vai investigar o suposto esquema de corrupção no Ministério da Educação

junho 23, 2022 0 Por Admin

Montagem VGN

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse nesta quinta-feira (23.06) que conseguiu as 27 assinaturas necessárias para a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias tráfico de influência e corrupção no Ministério da Educação.  

O requerimento de formação da CPI foi apresentado em março por Randolfe, depois que vazaram áudios do então ministro da Educação, Milton Ribeiro, sobre priorizar pedido pastores, a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL), para a liberação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A suspeita é de envolvimento da atuação dos pastores Gilmar dos Santos e Arilton Moura na liberação de recursos do Ministério para Prefeituras de aliados.

O documento chegou inclusive a alcançar as assinaturas necessárias em abril, mas a CPI acabou não sendo instalada porque senadores que inicialmente haviam apoiado a comissão recuaram

“Após assinatura do senador @senadorgiordano, acabamos de conseguir as assinaturas necessárias para a instauração da CPI do MEC! Vamos passar a limpo o #BolsolaodoMEC e demais escândalos de corrupção desse Governo na Educação! #CPIdoMEC”, escreveu o senador em sua rede social.  

Na lista de senadores que assinaram a CPI não consta nenhum dos três representantes de Mato Grosso. Lembrando que no Senado, por Mato Grosso, estão exercendo a função: Wellington Fagundes (PL); Fábio Garcia (União) – em decorrência da licença de Jayme Campos (União); Margareth Buzetti (PP) – após licença de Carlos Fávaro (PSD).  

Lembrando que a Polícia Federal deflagou ontem a Operação Acesso Pago que resultou na prisão de Milton Ribeiro. A investigação apura se pessoas sem vínculo com o Ministério da Educação atuavam para a liberação de recursos do FNDE.  A prisão de Miton foi revogada por meio de decisão do desembargador Ney de Barros Bello Filho, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) proferida nesta quinta (23). 

Leia Mais –

Lista de senadores que assinaram  

Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Paulo Paim (PT-RS)

Humberto Costa (PT-PE)

Soraya Thronicke (União Brasil – MS)

Fabiano Contarato (PT-ES)

Jorge Kajuru (Podemos-GO)

Zenaide Maia (Pros-RN)

Paulo Rocha (PT-PA)

Omar Aziz (PSD-AM)

Rogério Carvalho (PT-SE)

Reguffe (União Brasil-DF)

Leila Barros (PDT-DF)

Jean Paul Prates (PT-RN)

Jaques Wagner (PT-BA)

Eliziane Gama (Cidadania-MA)

Mara Gabrilli (PSDB-SP)

Nilda Gondim (MDB-PB)

Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB)

José Serra (PSDB-SP)

Taso Jereissati (PSDB-CE)

Cid Gomes (PDT-CE)

Alessandro Vieira (PSDB-SE)

Dario Berger (PSB-SC)

Simone Tebet (MDB-MS)

Eduardo Braga (MDB-AM)

Rafael Tenório (MDB-AL)

Alexandre Giordano (MDB-SP)

URGENTE! Após assinatura do senador , acabamos de conseguir as assinaturas necessárias para a instauração da CPI do MEC! Vamos passar a limpo o e demais escândalos de corrupção desse Governo na Educação!

— Randolfe Rodrigues (@randolfeap)