As declarações do deputado são em relação ao evento que acontece neste sábado (18), a 26ª Edição da “Marcha para Jesus”

junho 17, 2022 0 Por Admin

VGN

Lúdio Cabral, Deputado Estadual (PT)

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT), disse, ontem (15.06), que o Ministério Público Estadual (MPE) está correto em investigar a destinação de recursos públicos da Cultura para evento de natureza religiosa. Lúdio declarou que o evento, de certa forma, tem  ligação com a campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), em outubro deste ano.

As declarações do deputado são em relação ao evento que acontece neste sábado (18.06), a 26ª Edição da “Marcha para Jesus”. O evento é alvo de críticas por uso de verba pública e suposto favorecimento eleitoral a campanha de Bolsonaro. Na semana passada, o TSE considou que as motociatas, algumas com mote religioso, não se enquaravam como crime eleitoral

.Leia matéria relacionada – 

Os organizadores do evento cristão, divulgaram a participação do presidente Jair Bolsonaro e da primeira-dama Michelle Bolsonaro, porém, a assessoria do Planalto informou ao , que o evento não constava da agenda de Bolsonaro.

O evento deve receber R$ 340 mil em emendas parlamentares destinados por deputados bolsonaristas, entre eles, Gilberto Cattani (PL), Xuxu Dal Molin (União), Ulysses Moraes (PTB), Valmir Moretto (Republicanos) e Delegado Claudinei (PL).

Leia mais – 

Para o petista, o único órgão com poder para investigação é o MP, e ele está tomando os encaminhamentos corretos, tanto em relação ao evento, quanto em relação às despesas dos municípios e do Estado em shows de cantores sertanejos, que, segundo Lúdio, viraram comícios em favor do atual presidente Bolsonaro.

Leia mais –