Busca

Cuiabá
Carregando...

? şC

/

Várzea Grande (MT), 20 de junho de 2018 - 04:22

Várzea Grande

21/05/2018 16:02

Várzea Grande já imunizou mais de 35 mil pessoas contra a gripe

O dia D de vacinação contra a gripe aconteceu no sábado, 19, e imunizou em um único dia 8 mil pessoas do público-alvo da campanha. Durante todo o dia, a prefeitura de Várzea Grande por meio da Secretaria de Saúde manteve todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) funcionando até às 17h. Mesmo durante todo o dia de chuva a procura pela imunização foi grande. 

A campanha que teve início no dia 23 de abril, já vacinou 35.426 pessoas até a data de 21 de maio e segue o cronograma de vacinação por grupos prioritários, até o dia 1° de junho. As pessoas que fazem parte dos grupos prioritários e ainda não foram vacinadas podem ainda procurar uma das unidades mais próximas de suas casas, e solicitar a dose. Idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), fazem parte do grupo prioritário.
A Gerente da Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande, Relva Cristina de Moura, comemora o sucesso do evento. "Vacinamos um número grande de pessoas, apesar da chuva a população atendeu o chamado da Saúde Pública e foi aos postos para se imunizarem", disse.

Relva volta a lembrar que a vacinação continua a ser realizada nas 19 unidades de saúde de Várzea Grande, até o final da campanha. O atendimento normal para vacinação nas unidades é, das 7h30 às 10h30 período matutino e das 13h30 até 17h durante à tarde, de segunda à sexta.

A idosa Martha Saf da Silva, 68 anos e moradora do bairro Jardim Glória, foi uma das que procurou a unidade para garantir a vacina. “Aproveitei o sábado para vir me vacinar, moro longe e para vir a pé fica difícil, por isso tive que esperar a ocasião para que meu filho estivesse em casa para me trazer, principalmente nesse período de chuva”, disse.
Já o servidor público, Jonas Caldeira, disse que tentou antecipar a imunização antes do dia D, mas sabendo do alto fluxo de pessoas a procura da dose nas unidades, optou por procurar a unidade somente neste sábado. "Os dados da gripe em todo o Brasil, deixou as pessoas com medo, e é um medo lógico, porque a gripe se espalha rápido, com as unidades todas lotadas preferi não arriscar e acabei deixando para vir hoje. O que foi bom, sem fila e bem rápido", conta o professor.
Dados H1N1: Em Várzea Grande de acordo com a coordenadoria de Vigilância em Saúde, são 2 casos confirmados de Influenza H1N1 em 2018. Foram notificados 45 casos com suspeita de gripe Influenza H1N1, dos quais 12 foram a óbito. Dos óbitos, 2 confirmaram que foram por Influenza H1N1 após os exames laboratoriais e um caso o resultado foi positivo para a Influenza A(H3). Os demais casos ainda estão aguardando resultados de exames. 

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. 
A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Ela protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS, (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).

Por: Letícia Kathucia - Secom/VG


VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versăo Normal Versăo Normal Painel Administrativo Painel Administrativo