Busca

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Várzea Grande (MT), 23 de julho de 2018 - 08:08

Parlamentos

29/06/2018 14:19

Procura por RG aumenta durante período de férias escolares

Maíra Nienow / Secretaria de Comunicação Social

Julho é mês de férias escolares, mas nem tudo é diversão. Algumas famílias aproveitam o recesso para por em dia as documentações, fazendo aumentar a procura pelo serviço no Espaço Cidadania, da  Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Entre os serviços mais procurados está a emissão do Registro Geral, o RG. O serviço, que é oferecido por meio de um convênio firmado entre a ALMT e a Pericia Oficial e Identificação Técnica (Politec), é realizado mediante distribuição de senhas, das 7 às 14 horas. Já a retirada de documentos prontos pode ser feita até às 17 horas. E o prazo para entrega do RG é de 10 a 15 dias.

“Diariamente o espaço disponibiliza 150 senhas para atendimentos. Então é preciso ficar atento, porque a distribuição encerra rápido, devido a intensa procura durante esse período”, alerta a coordenadora do espaço, Rosinéia de Jesus, a Néia.  Ela destaca ainda que idosos, gestantes e pessoas com dificuldades de locomoção ou acompanhadas com crianças de colo tem preferência no atendimento e recebem senhas diferenciadas para garantir a prioridade. “Com isso, realizamos mais de 200 atendimentos por dia”, esclarece.

Segundo a coordenadora, a procura pela emissão da primeira via para crianças devido às exigências escolares e viagens, aumenta durante o período das férias, mas este ano também já foi verificado o aumento de pedidos para confecção da segunda via do RG. A demanda se dá porque cartórios, bancos e outras instituições estão exigindo documentos de até 10 anos de emissão para qualquer procedimento nestes locais, e para quem possui somente o RG como documento de identificação, isso acaba causando muitos transtornos. “Atualmente a emissão de segunda via do RG corresponde a 80% dos processos realizados por dia”, afirma Neia.

Para quem vai fazer a 1ª via do RG a emissão é gratuita. Já para a 2ª via do documento é cobrado o valor de R$ 68,15. Mas para de menores de até 17 anos, idosos com mais de 65 anos e pessoas com renda familiar inferior a 3 salários mínimos a taxa é isenta. Nestes casos é preciso fazer a solicitação na Defensoria Pública que também tem posto de atendimento no Espaço para facilitar o processo.

Vale lembrar que o modelo confeccionado atualmente permite incluir, além do número CPF, o tipo sanguíneo e o número do Programa de Integração Social (PIS). Para isto basta trazer o exame laboratorial de sangue e o documento de PIS.

Atendimento especial - Outro trabalho importante destacado pela coordenadora é que, além do Espaço Cidadania da ALMT ser o único posto da Politec na capital que faz hoje a coleta da digital de crianças com até sete anos, o Núcleo também oferece um atendimento diferenciado para aquelas com que tem necessidades especiais.

“Temos uma equipe reparada para lidar com crianças que demandam uma atenção diferenciada, como é o caso daquelas com síndrome de Down ou altista, entre outras”, explica a coordenadora. “Oferecemos inclusive agendamento domiciliar ou até mesmo hospitalar, dependendo da necessidade, para realizar as coletas de digital”, completa.

Para ter acesso a esse tipo de serviço diferenciado, é preciso que familiares venham até o Espaço Cidadania com a documentação necessária para abertura do processo e agendamento da visita. “Nossa preocupação, mais do que garantir o acesso a um direito básico é, principalmente oferecer um atendimento digno e humanizado à todos os cidadãos que vem em busca dos serviços oferecidos pela ALMT”, explica a coordenadora.


VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo