Busca

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Várzea Grande (MT), 19 de junho de 2018 - 13:20

Esportes

05/01/2018 19:43

UFMT recebe pista de atletismo importada da Itália

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) recebeu na tarde desta sexta-feira (05), o material sintético e os equipamentos fixos da pista de atletismo para serem instalados no Centro Oficial de Treinamento (COT).  Momento importante para a Universidade já que é o reforço do acordo firmado com o Governo do Estado de Mato Grosso para a conclusão da obra.

“Esse era o nosso compromisso, o de adquirir a pista. Fizemos um esforço no sentido de garantir que todo esse processo fosse adequado e exitoso. O momento é de agradecer a toda a equipe de profissionais envolvidos na definição dos equipamentos adequados, escolha, aquisição e transporte de todo o material e que ainda estão envolvidos, já que a pista ficará armazenada até a sua instalação. O assentamento da base da pista é de responsabilidade da Secid [Secretaria de Estado das Cidades] e do Governo do Estado”, pontuou a reitora da UFMT, professora Myrian Serra.

O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos, afirmou que a prioridade da Secid na obra do COT é a concretagem da pista. “Nós queremos entrega-la até o final de janeiro. Temos 50% da obra concluída. Estamos trabalhando duro e a partir da semana que vem, vamos dobrar o ritmo de concretagem”, prometeu o secretário. “Somos parceiros da UFMT. Estamos felizes e alegres com a chegada da pista e vamos cumprir nossa parte no contrato”, disse.

O material, cuja importação foi realizada pela Fundação Uniselva, chegou a Cuiabá em quatro caminhões, sendo um bitrem, e será acondicionado em ambiente climatizado, uma vez que é composto por borrachas, tintas e colas adesivas que contam com prazo de validade.

Além do emborrachamento da pista, também chegaram a Cuiabá uma caixa para salto longo e triplo, um obstáculo do fosso, uma gaiola com rede dupla para lançamento de disco e um círculo para lançamento de peso, que serão instalados em espaços determinados no projeto.

Incentivo ao esporte e à pesquisa

O presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso e docente aposentado da Faculdade de Educação Física (FEF), professor Francisco Antonio da Silva, explicou que a pista terá utilizações que vão para além do atletismo. “Ela vai ser um instrumento que vai contemplar a pesquisa principalmente do laboratório da FEF, além de possibilitar a realização de testes para vários cursos e instituições que estão preparando seus candidatos para ingressar nas carreiras e necessitam realizar testes físicos”, observou.

“A pista também vai ser importante para a Educação Física como laboratório porque é uma sala de aula. Vai ser muito significativa para a comunidade universitária. Ela é uma ferramenta que contemplará todos os esportes, pois permitirá fazer testes físicos com precisão, ou seja, vai ser muito um incentivo ao crescimento do esporte de forma geral no estado de Mato Grosso”, finalizou o docente.

O custo total do material da pista, que conta com certificação da Internacional Association of Athletics Federations (IAAF) e permitirá a inclusão de Mato Grosso no calendário de competições internacionais, foi de US$ 1.560 milhão, recurso obtido pela UFMT junto ao Ministério dos Esportes, além dos gastos com transporte, armazenagem, desembaraço alfandegário, entre outros.


VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo