Busca

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Várzea Grande (MT), 24 de novembro de 2017 - 05:45

Cuiabá

09/11/2017 20:54

Gcom divulga comparativos e revela que Silval gastou mais de R$ 45 milhões ao ano com publicidade

Fonte: Elisângela Neponuceno-VGNews

 

O Gabinete de Comunicação  (GCOM), emitiu nota, na noite desta quinta-feira (9), para esclarecer sobre as acusações apontados pelos deputados estaduais Janaina Riva (PMDB) e Zeca Viana (PDT), que apontam  uso da máquina pública, por meio do Gabinete de Comunicação, para promoção pessoal e política do governador .

Segundo os oposicionistas o governo extrapolou os gastos com publicidade  entre os meses de janeiro e julho, 34% do valor previsto para ser gasto durante o ano todo de 2017.

Na denúncia protocolada no Ministério Público, os deputados afirmam que o valor total de gastos previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) para o Gabinete de Comunicação incluindo gastos com pessoal e encargos sociais para 2017 é de R$ 48.389.686,95.

 Conforme o secretário Kleber Lima, todos os documentos solicitados serão encaminhados ao MPE.

Para Lima, não existe irregularidade nas despesas e gastos e tudo que foi realizado pelo GCOM obedece o orçamento aprovado pela Assembleia Legislativa.

Em rápido comparativo com os gastos da gestão anterior, fica evidente que a administração de Taques, gastou menos com publicidade que seu antecessor o ex-governador Silval Barbosa, correligionário de Riva.

Barbosa gastou de janeiro de 2011 a dezembro de 2014, durante os quatro anos de gestão Silval Barbosa (PMDB), R$ 145.518.648,44 com publicidade. Já em 2012, o governo do peemedebista torrou R$ 49.771,772, em 2013 foram gastos R$ 59.595.172,06 e em 2014, último ano, Silval teria  derramado R$ 72.400.291,00. 

 

Veja gráfico

 

  

Confira nota na íntegra 

Em relação ao Inquérito Civil instaurado pelo Ministério Público Estadual, a partir de denúncia feita por dois deputados oposicionistas, questionando os gastos com publicidade pelo Governo do Estado, a Secretaria do Gabinete de Comunicação informa que irá prestar todas as informações solicitadas pelo promotor Clovis Almeida, porém, antecipa que não há nenhuma irregularidade nos gastos e despesas executadas, uma vez que que a LOA/2017 (Lei Orçamentária Anual) aprovada pela Assembleia Legislativa em 2016, em seu artigo 6º, AUTORIZA o remanejamento (abertura de créditos suplementares) em até 20% do valor global do Orçamento Anual, fixado para 2017 em R$ 18 bilhões, para todas as secretarias estaduais.

Além disso, as despesas de publicidade executadas pela atual administração, além de serem menores que os valores que eram executados até 2014, estão cobertas por contratos legalmente licitados, e obedecem rigorosamente às destinações, formatos e conteúdos estabelecidos na Constituição Federal e na legislação específica.
 


VGNews

Endereço: Av. Castelo Branco-Nº.1640- Sala- 202- Agua Limpa-Várzea Grande-MT 

E-mail: vgnewsmt@gmail.com

Telefone: (65) 3686-3213 

Redes Sociais

© Copyright  2010-2017 VG News 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo